domingo, 10 de abril de 2016

Clube do Livro : Por Lugares Incriveis - Jennifer Niven


  Sabe aquele livro que te faz rir,chorar, se apaixonar e ficar na bad quando acaba?
Então é exatamente assim que você  vai ficar depois de ler essa obra incrível, como já vem dizendo no titulo.
Ele fala de problemas  serios, como crise existencial,abandono familiar, suicídio e depressão.Mas tem uma leveza incrível,que nos faz pensar que nem sempre as coisas estão tão ruins assim, e que podemos encontrar vida,mesmo quando tudo parece ter acabado.
O livro é leve,engraçado.Alguns momentos irão te  fazer chorar, outros você vai apaixonar e muitos, muitos te farão pensar em o quanto vida lhe proporciona momentos maravilhosos.

 "Conheço a vida bem o suficiente para saber que não podemos acreditar que as coisas vão ser sempre iguais, não importa o quanto a gente queira. Não podemos impedir que as pessoas morram. Não podemos impedi-las de ir embora. Não podemos impedir nós mesmos de ir embora."


O que mais gosto nesse livro, é o romance. Não aquele romance óbvio da mocinha indefesa e o menino protetor. Mas um romance que os dois protagonistas estão tão machucados, porém encontram forças um do outro para viver,quando são escalados para um trabalho em dupla de geografia. Onde eles tem que visitar os lugares históricos de indiana.


  
"Ela é oxigênio, carbono, nitrogênio, cálcio e fósforo. Os mesmos elementos que estão dentro de todos nós, mas não consigo parar de pensar que ela é mais que isso e que tem outros elementos dos quais ninguém nunca ouviu falar, que a tornam diferente de todas as outras pessoas."

 O livro começa, no relógio da escola. Onde Finch e Violet estão prestes acometer suicidio. Finch por sua vez é dito como um menino rebelde na escolas,a praga de todos e sempre encontrar maneiras de ter se matar,já Violet se sente culpada pela a morte da sua irmã e decide dá um fim da sua vida e partir daí que toda a história se desenrola.

''Sabe o que gosto em você, Finch? Você é interessante. Você é diferente. E consigo conversar com você. Não deixe isso subir à cabeça.
O ar parece carregado e elétrico, como se tudo – o ar, o carro, Violet e eu – fosse explodir caso alguém acendesse um fósforo. Mantenho os olhos na estrada.
– Sabe o que gosto em você, Ultravioleta Markante? Tudo.”


Confesso que muitas lágrimas rolaram, na leitura desse livro. Me apaixonei pelo os personagens.A autora, fez de uma maneira tão bonita, que mesmo quando a gente acaba de ler o livro, fica dias pensando. São personagens  reais, com sentimentos reais, dúvidas reais quando se é adolescente as 17 anos.
O livro é alternado em capítulos de Finch e Violet.Exatamente para entendermos porque daquilo tudo e conhecemos cada pedaço melancólico e sombrio dos dois.
Acho que todo mundo precisa ler esse livro. Ele se tornou sem dúvida o meu livro preferido de todos os tempos, e eu super recomendo.Porém já aviso, pode pegar os lencinhos porque muitas lágrimas irão rolar.

''Não preciso me preocupar com o fato de Finch e eu não termos filmado nossas andanças. Tudo bem não termos recolhido lembranças nem tido tempo de organizar tudo de um jeito que fizesse sentido pra outra pessoa.
O que percebo agora é que o que importa não é o que a gente leva, mas o que a gente deixa.”